Uma trouxinha de sabores

Uma trouxinha de sabores

Trouxinha de Cuscuz Marroquino, essa é pra agradar a todo mundo e facilitar demais a sua vida na hora de preparar uma cardápio caprichado.  Uma entrada dessa vai ganhar os convidados desde a primeira mordida. É que, o cuscuz tem um “quê”de exótico, os legumes dão aquele ar saudável, e a massa folhada um toque francês! Nada melhor que essa tal Trouxinha de Cuscuz Marroquino que aprendi assistindo ao Programa Receitas da Carolina no GNT, do qual sou fã de carteirinha. Do programa e dela… Que cozinha por prazer e dá as melhores dicas, sem segredos ou rodeios.

Vamos então a Trouxinha de Cuscuz Marroquino

  • 1 e 1/2 colher (sopa) de azeite
  • 1 cebola roxa picada
  • 1 dente de alho pequeno amassado
  • 1 cenoura pequena cortada em pedaços
  • 1 colher (sobremesa) de manteiga
  • 1/2 abobrinha cortada em pedaços pequenos
  • 45g de ervilhas cozidas
  • 40g de couve-flor
  • 1 colher (sopa) de gengibre descascado e ralado
  • 1 colher (chá) de cominho em pó
  • 1 colher (chá) de curry em pó
  • 1 e 1/2 colher de pinole levemente tostado
  • 40g de cuscuz marroquino
  • 40ml de caldo de legumes
  • 2 colheres de uva-passa reidratada e escorrida
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Massa folhada pronta

Modo de preparo da Trouxinha de Cuscuz Marroquino:

Em uma panela, toste o cuscuz até ficar moreninho Quando estiver bem dourado, reserve. Ferva o caldo de legumes e jogue sobre o cuscuz. Abafe por cerca de dez minutos.  Abra e misture delicadamente com o garfo. Cozinhe as ervilhas em água com sal e um fio de azeite por cerca de dez minutos ou até ficarem macias.  Escorra e reserve. Refogue em uma frigideira a cebola e o alho no azeite. Quando dourar, acrescente manteiga e todos os legumes. Coloque primeiro a cenoura, pois é o legume que mais demora para cozinhar. Refogue até ficarem al dente. Tempere os legumes com gengibre, curry e cominho. Adicione o pinole já tostado em uma frigideira e o cuscuz. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Abra a massa folhada em quadrados de aproximadamente doze centímetros por doze centímetros. Uma folha de massa renderá seis pedaços. Preencha o centro da massa com duas colheres de sopa do recheio. Com a ponta do dedo ou pincel, passe um pouco de ovo na lateral da massa para ajudar na hora de fechar a trouxinha. Feche juntando as pontas opostas na diagonal e as coloque em uma assadeira antiaderente. Pincele o ovo batido por cima das trouxinhas. Asse em forno preaquecido a 200 ou 220ºC, por aproximadamente dez minutos.

12243979_1103247633020035_788180678_n

Depois disso prepare uma salada de verde e sirva. Não vão sobrar, nem farelos. O bacana é que essa entrada, combina com um prato de carne, mais pesado… Uma rabada, por exemplo, ou carne de panela, é que fica tão leve que vai ser a medida ideal. Ah, Carolina Ferraz, você é demais!

Autor

Marilucy Cardoso

Marilucy Cardoso

Jornalista, mãe, canceriana, nascida em 1973, cheia de histórias para contar e suja algumas panelas nas horas vagas.

Relacionado

Comentários

  • Kaique Moreira Kaique Moreira novembro 13, em 10:05

    Delíciaaaaa!! Mari Mari sempre criativa e inovadora. Deve estar uma Delícia. O blog está maravilhoso e com toda a certeza não poderia ser diferente pelo seu capricho. Sucesso.

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso novembro 14, em 15:53

      Meu querido amigo Kaique!!! Sinto saudades de você e dos elogios para as minha comidinhas!!! Hahahahaha Um grande bj

      Responder

Deixe o seu comentário