Saiba escolher as suas sementes!

Saiba escolher as suas sementes!

Plantar e colher é umas das boas e justas certezas da vida. Se aplica a tudo, mas, especialmente a criação dos filhos. O problema é que quando nos tornamos mães, nem sempre temos todas as sementes que gostaríamos de plantar, ou que por ventura imaginamos perfeitas pra tal ocasião e acredite, está tudo bem. Tudo é uma questão de fé nas sementes que você vai escolher.

Aviso: Isso nem sempre é uma tarefa fácil! Já parou pra olhar pra uma semente? Ela nunca se parece com aquilo em que irá se transformar. E a transformação é caprichosa, sem pressa, você pode até, não viver pra vê-la. Mas, se plantou, um dia, você ou alguém irá colher.

Digo isso, porque começo a colheita das raras sementes plantadas ao longo da vida dos meus filhos. Percebi que havia até, me esquecido delas. Reguei quando pude, afofei a terra de vez em quando, fiz rápidas podas, cheguei a pensar que alguma enxurrada as tivessem levado, ou quem sabe teriam sido atacadas por uma praga, sem que eu pudesse perceber. Afinal, eu tinha outros canteiros pra semear. Precisava de uma carreira pra sustentar os filhos, precisava de amigos que pudessem ser um forte esteio ao longo da caminhada, precisava também de um amor… Haja semente.

Mas, hoje, começo a me deitar sobre a sombra daquilo que semeie enquanto mãe. Posso ver o tronco forte da semente da coragem, a folhagem exuberante da semente da honestidade e quando olho bem pro alto, vejo que as sementes do amor e do respeito chegaram muito longe também. É incrível, plantar de mãe é falar, é cuidar, é estar e definitivamente é amar. Prepare-se para a florada, ela virá!

E vejo algo ainda melhor. A semeadura continua ao longo da vida, o solo é fértil e semente de mãe, vai estar sempre lá, basta ouvir o coração.

 

 

 

 

 

Autor

Marilucy Cardoso

Marilucy Cardoso

Jornalista, mãe, canceriana, nascida em 1973, cheia de histórias para contar e suja algumas panelas nas horas vagas.

Relacionado

Comentários

  • Claudia Claudia Maio 14, em 18:36

    Lindo! Parabéns pelo dias das mães e pelas sementes linda que vc está cultivando !

    Responder
  • Beatriz Beatriz Maio 14, em 19:43

    Parabéns minha linda amiga ! E você está certíssima ! As sementes nunca caem longe da árvore ! Parabéns pelas suas lindas sementes !!! Elas brotaram com a seiva do seu lindo amor ❤️ ❤️❤️ , amor este que frutificará pela eternidade !!! Feliz dia das mães querida Marilucy ! Parabéns pelo lindo texto !

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso Maio 15, em 08:00

      Minha querida, sabes que admiro e muito as suas sementes. Que bom que o amor brotou pra nós! Um bj enorme!

      Responder
  • Valter Mello Valter Mello julho 04, em 21:20

    Olá Marilucy Belíssimo texto sobre a escolha das sementes. Eu nunca tinha pensado desse modo sobre os acréscimos que fazemos na vida dos filhos. Mas a frase que eu uso, herdada do meu amigo Rodolpho que foi o pediatra dos meus, reflete bem a escolha (talvez inconsciente) das sementes plantadas. Dizia ele que "os frutos nunca caem longe da árvore". Parece que tem tudo a ver.

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso julho 07, em 20:24

      Oi Valter muito obrigada pelas palavras e por deixar aqui no Bolonhesa a sua semente... Essa frase também era muito usada pela minha vó! Adora a interação que a internet nos traz. Um pensamento aqui outro ali e a gente vai refletindo e aprendendo. Adorei a visita, volte sempre

      Responder

Deixe o seu comentário