Enquanto você dormia… Eu amava!

Enquanto você dormia… Eu amava!

Ele dormia e eu não! O medo de avião não me dava sossego, a volta de uma viagem e as lembranças frescas na memória também não! Os pensamentos a 30 mil pés de altitude, viajavam mais depressa que o Air Bus e olha que ele é rápido, hein? Mas, no meio desse turbilhão de emoções, parei e olhei de lado! Lá estava ele, meu amor!

Olhei bem, olhei com calma e vi um monte de coisas! Vi um sono tranquilo, quase mais forte do que ele. Mas, fundamentalmente vi meu amor sem as ideias ou ideais dele, sem aquela voz grave, sem a faculdade, sem o sorriso que eu adoro, sem nada… Olhar alguém dormir é algo inquietante. Dá vontade de acordar, dá vontade de falar, de ouvir, de pegar…

Mas resolvi só pensar… Sem acordá-lo, sem perguntar, sem nada, como ele, sem nada.

Foi bom. Foi ótimo. Pensei…

Olha só, nós dois aqui no alto. Olha quanto tempo passou, o quanto sabemos um sobre o outro, o quanto a gente se misturou, se acostumou, se apaixonou! Cheguei a me surpreender!

No entanto, não demorou para me lembrar que o destino seria esse mesmo. Eu e ele, juntos num voo, numa ducha, numa cama, numa fila, numa sala de espera, num restaurante, em qualquer lugar, inseparáveis, predestinadamente juntos.

O contrário disso me vem a mente, mas me assusta! E pensei nisso no voo. Como seria minha vida sem ele? É por isso que não sou uma mulher do futuro. Gosto do presente, até pelo sentido da palavra, É dádiva. É ele ali comigo. E ponto. Pronto! Eu feliz, completa, amada, amando. E aí ele acordou. Ele que me faz feliz, do jeito que é. Do jeito que me conquistou. A conclusão foi simples: O melhor da vida é ter certeza do que se quer. Eu quero ele, até quando não quero.

 

 

Autor

Marilucy Cardoso

Marilucy Cardoso

Jornalista, mãe, canceriana, nascida em 1973, cheia de histórias para contar e suja algumas panelas nas horas vagas.

Relacionado

Comentários

  • Elizete Elizete março 15, em 07:23

    ESta é minha amiga, admiro sua capacidade de descrever um sentimento com tanta clareza e amor. Te admiro cada dia mais amiga guerreira. Bjs

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso março 15, em 11:42

      Acho que essa clareza vem do sentir verdadeiramente e não só o amor, mas tudo na vida! procuro investigar cada sentimento, cada situação e vivo nessa busca de traduzir aquilo que percebo nessa jornada! Um beijo e obrigada pelo carinho de sempre!

      Responder
  • Claudia Claudia março 15, em 10:06

    Apaixonante só posso te dizer isso!!

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso março 15, em 11:39

      E eu só posso dizer obrigada! Mas, saiba, fico imensamente feliz com as suas visitas aqui no Blog! Beijoka

      Responder
  • Vanice Assaz Vanice Assaz março 15, em 11:38

    Ah o amor! Como vale a pena lutar por ele, esperar por ele e aproveitar quando ele se instala pleno, feliz e por inteiro. Fico feliz por sua felicidade.

    Responder
  • Claudia Claudia março 15, em 13:15

    Demais !Muito lindo !!!

    Responder
  • Fer (dinanda) Mastellari Fer (dinanda) Mastellari março 15, em 20:50

    Isso é tão LINDO, me deixa tão feliz e comovida de saber que agora você ama e é amada da mesma forma e com a mesma intensidade que merece. Dois corações batendo na mesma sintonia só poderia gerar harmonia, um descanso no ombro, um afago no rosto, um beijo gostoso, um amor que completa. Linda era isso que sempre torci para vc ter, nada menos que isso. E certeza que o medo de avião foi dissolvido e substituído pelas lindas lembranças que vcs trouxeram. Amo vc, bjs Mary Mary

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso março 16, em 08:12

      Demorou Fer, mas, o amor chegou!Saiba que sempre soube da sua torcida e que hoje tenho certeza do quanto você está feliz por mim! Adorei as palavras e reforço minhas saudades! Um bj minha amiga querida!

      Responder

Deixe o seu comentário