Dom… Qual você tem?

Dom… Qual você tem?

Dom é um presente, uma dádiva, nasce, vem junto, tipo, de fábrica. Foi isso o que eu aprendi. E ultimamente, tenho me perguntado quais são os dons que eu tenho?

Dia desses tive que noticiar ao vivo a morte de um grande amigo, passei no teste. O coração estava dilacerado, mas eu dei a notícia, a pior notícia que poderia ter dado. Recebi de amigos queridos o reconhecimento por ter sido tão profissional e forte. Uma amiga em especial, que já me viu trabalhando sete horas, apresentando jornal ao vivo, depois de um exame apontar para um câncer de ovário, me disse de novo: Eu já te disse que você é a pessoa mais foda que eu conheço! E ela já havia dito isso no tal possível diagnóstico…

Quase acreditei que era um dom! Não é! Isso não nasceu comigo, afinal eu sou canceriana, chorona e carente de nascença.

Mas, a vida me fez assim. Afinal, no nascimento do meu terceiro filho, fui para a maternidade com uma amiga, sem chorar, eu juro. Já fui demitida no dia seguinte ao meu aniversário, chorei, um pouco! Tirei um câncer na tireóide, engoli o choro. Sepultei dois irmãos jovens num mesmo ano, entre um funeral e outro foram 4 meses apenas. Dirigi 170 quilômetros até o velório. Foi muito difícil. E outras tristezas menores que construíram o que os amigos passaram a chamar de Fortaleza.

Então pensei, “dom” também se cria. Aliás no dicionário, dom é traduzido também como mérito, merecimento. E sinto que é verdade. Por exemplo: Cozinhar bem, pode ser considerado um dom, mas é algo que se você fizer com amor e disciplina pode ser o dom que você conquistou!

Eu dizia muito: Não tenho esse dom! Agora sei, não tenho, mas, posso vir a ter! Posso desenvolver dons e você também!

Dos dons que eu mais gostaria de ter: o de cantar e o de dançar. Impossível? Não, não é! Meu pai diria: Filha, esqueça a possibilidade de cantar! É que a nossa família é praticamente, inteira desafinada.

Mas, existe um dom que é um presente e ponto final. A boa notícia é que todos nós ganhamos essa dádiva. É o dom da vida! Não recuse, não desperdice, valorize ao máximo a sua história, abrace a sua vida, seu maior DOM, seu maior presente. Viva!

 

Autor

Marilucy Cardoso

Marilucy Cardoso

Jornalista, mãe, canceriana, nascida em 1973, cheia de histórias para contar e suja algumas panelas nas horas vagas.

Relacionado

Comentários

  • josé antonio josé antonio novembro 19, em 08:50

    muito legal saber que a profissional que a gente conhece há algum tempo apresentando notícias, tem também um lado pessoal e emocional muito interessante....

    Responder
  • Alexandre Alexandre novembro 19, em 08:57

    Maravilhoso seu texto....Parabens.

    Responder
  • vanice assaz vanice assaz novembro 19, em 15:04

    Êta mulherzinha porreta essa Marilucy, né não? Ainda por cima ela é cheia de bons dons! O de escrever deliciosamente, o de cozinhar, o de ser mãe, o de amar e muitos outros que ela vem aprendendo e nos ensinando....

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso novembro 19, em 15:16

      Ainda bem que ensino e aprendo com pessoas especiais que a vida trouxe pra mim! Obrigada pelo carinho de sempre! Um bj minha amiga

      Responder
  • Sil Sil novembro 19, em 18:21

    Como Sempre Arrasandooo nos textos !!! Fortalezaaaaa !!!bjs

    Responder
  • Lucyene Vilela Lucyene Vilela novembro 20, em 07:35

    Lindo texto!! Realmente com amor e com carinho podemos desenvolver um dom que talvez acreditassemos não ter. Comigo foi a maternidade!! Até agora a maior e melhor surpresa da minha vida!! Agora quanto a cantar e dançar irmã... Acho que nosso pai tem toda razão rsrsr Beijo grande

    Responder
    • Marilucy Cardoso Marilucy Cardoso novembro 25, em 12:48

      Nada de cantar ou dançar? Estou pensando! kkkkkk Sobre o seu dom para a maternidade... Canceriana já vem com esse dom de fábrica, o seu, só acordou com o nascimento da Laura e foi reforçado quando a Vi chegou! Vc é das melhores mães que eu conheço!!! Beijinho

      Responder

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.