Caldo Verde! Você vai amar, ora pois!

Caldo Verde! Você vai amar, ora pois!

Caldo verde ajuda a aquecer qualquer dia frio! E sabe o que é legal? É uma receita de Caldo Verde com medidas certinhas, não tem erro! Você vai fazer essa tradição portuguesa na sua casa e arrasar! A receita é tão famosa lá, que é considerada uma das 7 maravilhas portuguesas!

Caldo verde delícia!

Hummm que belo Caldo verde!

Anote os ingredientes

1 litro de caldo de carne

1/2 quilo de batatas, cortadas em cubos (não muito pequenos)

1/2 cebola em rodelas

2 colheres de sopa de azeite

couve picada em fios

1 linguiça calabresa defumada e fatiada

Partiu Caldo Verde?

Numa panela, aqueça o azeite, refogue a cebola e a batata, deixe a batata ficar quase “al dente” e aí coloque o caldo de carne, tampe a panela e cozinhe até a batata ficar macia. Desligue o fogo, coloque tudo no liquidificador, adicione um punhado de couve, isso se você quiser… Eu gosto do caldo verde mais verdinho! Bata bem!

Caldo Verde: pra ficar verdinho só colocar um pouquinho couve na hora de bater!

Na mesma panela que cozinhou a batata frite a linguiça em fatias, mantenha o fogo ligado, derrame o caldo preparado no liquidificador, coloque um punhado de couve, eu corto um pouco os fios pra ficar mais confortável na hora de comer. Pode ser o equivalente a uma xícara de couve, mas se quiser colocar um pouco mais, não tem problema. A couve cozinha rapidinho. Coisa de 5 minutos no máximo, aí é só servir com queijo parmesão e croutons que o Bolonhesa já ensinou a fazer lá no YouTube!

Trio perfeito: Pão de queijo, parmesão e croutons

Croutons: saborosos e crocantes!

A gente tem a receita do Caldo Verde em vídeo no YouTube também, e lá sempre tem um segredinho a mais. Se você ainda não se inscreveu no nosso canal, corre lá ou melhor clica aqui e vai direto pra lá conhecer várias receitas legais!

E se der tempo, me conta aqui nos comentários como ficou a receita do Caldo Verde aí na sua casa!

Autor

Marilucy Cardoso

Marilucy Cardoso

Jornalista, mãe, canceriana, nascida em 1973, cheia de histórias para contar e suja algumas panelas nas horas vagas.

Relacionado

Comentários

Nenhum Comentário

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.