Antepastos… Eles se bastam!

Antepastos… Eles se bastam!

Esses antepastos foram feitos por quem sabe o que faz e como faz. Ela é mãe de um grande amigo e colega de trabalho, mulher do meu despachante, um italiano que só não é um cara espetacular, porque torce para o Corinthians e mãe de outros dois filhos queridos e avó de uma neta linda de morrer! Dona Olinta é daquelas pessoas que sem conhecer a gente gosta, pelo conjunto da obra e claro porque é uma devotada a cozinha, especialmente a italiana.

Sabendo que eu sujo umas panelas, ela me mandou de presente três antepastos. Um de berinjela, finas fatias embebidas num bom tanto de azeite e intercaladas com pimenta dedo de moça. Um outro de abobrinhas italianas desidratadas, banhadas também em azeite e por último uma pastinha de figo que eu não sei descrever, tamanha foi a minha surpresa com o sabor desse antepasto.

Como vocês podem perceber, eu não tenho as receitas. O que fiz, foi, apenas, preparar um mesa bem descolada, escolher algumas louças com carinho, comprar pães fresco e esperar as visitas para um encontro sensacional, regado a vinho e boa conversa. E viva os antepastos! Viva a Dona Olinta!!!

11998002_1058763054135160_1503224266_n

Precisa de algo mais?

11995467_1058763014135164_595503797_n

Capriche nos pães!

11998202_1058763150801817_965774370_n

Pastinha de figo!!!

 

Autor

Marilucy Cardoso

Marilucy Cardoso

Jornalista, mãe, canceriana, nascida em 1973, cheia de histórias para contar e suja algumas panelas nas horas vagas.

Relacionado

Comentários

Nenhum Comentário

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe o seu comentário